O projeto Get up and goals! e os recursos educativos para uma melhor compreensão da desigualdade de género

Manual de Geo-História; um conjunto de Unidades de Ensino e Aprendizagem e ferramentas de avaliação e autoavaliação: três propostas para abordar questões complexas

O projeto Get Up and Goals! produziu estes recursos, em 12 línguas, para abordar tanto a questão das desigualdades de género como os outros três “tópicos quentes do projeto” no dia a dia na escola.

O manual de geo-história global dedica, em cada um de seus capítulos, uma secção especial às mudanças na organização social e à ocorrência de desigualdades económicas e de género em diferentes épocas históricas. A história global da humanidade é contada dando às desigualdades de género, às suas origens históricas e às suas consequências locais e globais, o papel de um dos principais temas através dos quais podemos relacionar e compreender toda a dimensão do tempo e espaço nos acontecimentos humanos.

 

As unidades de ensino e aprendizagem das alterações climáticas foram concebidas com base em dois princípios.

  • Do ponto de vista do conteúdo, tornam a complexidade dos fenómenos migratórios compreensível, dividindo-a em evidências, causas e efeitos, cada um dos quais está organizado numa ou mais fases de estudo. Cada unidade de ensino e aprendizagem foi criada de acordo com uma arquitetura modular, para que o/a professor/professora possa decidir se utiliza apenas determinadas fases nas quais se encontra dividida, sem perder a abordagem geral.
  • Do ponto de vista didático, cada unidade de ensino e aprendizagem propõe uma transição progressiva do conhecimento pouco desenvolvido da turma para um nível de conhecimento especializado. Esta transição ocorre através da aprendizagem interativa: em cada fase, o/a professor/professora propõe conteúdos científicos através de métodos de investigação, de estudo aprofundado e da centralidade da turma. Uma fase final (denominada “metacognição”) conclui as unidades de ensino e aprendizagem, permitindo a consolidação da experiência e a sensibilização para o significado do percurso educativo.

 

As ferramentas de avaliação e autoavaliação. As unidades de ensino e aprendizagem e as ferramentas de avaliação e autoavaliação foram criadas tendo por base o conteúdo comum e os resultados de aprendizagem esperados. Deste modo, as ferramentas de avaliação e autoavaliação conseguem verificar os resultados da turma relativamente ao tópico específico e às competências de cidadania globais adquiridas. Tal é conseguido através da comparação das pontuações expressas pela turma e pelos/pelas professores/professoras, antes e após a implementação das Unidades de ensino e aprendizagem e/ou do estudo do manual.

PARCEIROS